Formação Continuada da Escola APMF Recursos da Escola Clima Rádio Escolar Serviços Públicos de Apoio Escolar Notícias da Educação Notícias do Colégio Tarquínio em destaque Forum de Enquetes Educandos Boletim on line Fale Conosco Correio Elegante CELEM

Quantidade de Páginas visitadas

Ninguém - seja criança, jovem ou adulto - pode ter apenas direitos ou somente deveres. Pais e filhos têm direitos e deveres.

Os direitos dos pais não excluem os dos filhos, assim como os deveres dos pais não impedem que os filhos também tenham deveres.


Deveres:
1 - Dar amor;
2 - Proteger
3 - Criar condições que propiciem segurança física e psicológica;
4 - Criar condições para o desenvolvimento intelectual pleno;
5 - Promover condições no entorno familiar que permitam o desenvolvimento do equilíbrio e da inteligência emocional;
6 - Subsidiar e promover vivências concretas que possibilitem o caminhar para a independência financeira;
7 - Zelar pela saúde física e mental;
8 - Dar estudo e profissionalizar;
9 - Estruturar o caráter;
10 - Formar eticamente (ensinar valores)

Direitos
1 - Não se omitir quando o filho agir de forma que possa prejudicar outras pessoas, animais e/ou o meio ambiente. Agir com segurança, porém sem agressões físicas, sem medo de causar "traumas e frustrações".
2 - Procurar fundamentar e definir, de preferência sempre através de um diálogo franco e direto, normas e regras de conduta que regerão o dia a dia da família. Se, no entanto, o diálogo não funcionar, cabe aos pais a palavra final sobre qualquer tema, até que os filhos se tornem independentes do ponto de vista físico, emocional e financeiro.
3 - Se necessário, pais qpodem proibir comportamentos, atitudes e até alguns tipos de roupas que coloquem em risco a segurança e dignidade dos filhos. Podem também cortar algumas relalias, como a mesada, por exemplo, se perceberem uso indevido das mesmas.
4 - Pais têm o direito de questionar, acompanhar e até mesmo vigiar ou buscar provas concretas no espaço privado dos filhos, caso percebam sinais que indiquem possibilidade de envolvimento dos filhos com drogas ou outras práticas ilegais.
5 - Os pais não devem se intimidar com a prática bastante comum de os jovens transformarem seus quartos em fortalezas indevassáveis. Sempre que tiverem um bom motivo - e ainda que não sema bem-vindos -, têm o direito de entrar para verificar o que está ocorrendo.
6 - Exigir que os filhos estudem para garantir um mínimo de rendimento, como contrapartida ao direito de receber educação e profissionalização, podem, por isso mesmo, fazer sanções se perceberem que os filhos não estão cumprindo seus deveres;
7 - Frear o apetite consumista dos filhos, através de conversas e/ou atos;
8 - Direito de viver de acordo com sua visão de mundo;
9 - Não são obrigados a  proporcionar luxos pelos resultados positivos dos filhos na escola. O adolescente está apenas cumprindo seu dever.
10 - Pais têm direito a um mínimo de vida pessoal.

_______________________________
(*) Adaptado de Zagury, T. Os Direitos dos Pais, Construindo cidadãos em tempos de crise. Record, RJ, 2005.
(**) Filósofa, Escritora, Mestre em Educação e Conferencista.































Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito