Formação Continuada da Escola APMF Recursos da Escola Clima Rádio Escolar Serviços Públicos de Apoio Escolar Notícias da Educação Notícias do Colégio Tarquínio em destaque Forum de Enquetes Educandos Boletim on line Fale Conosco Correio Elegante CELEM

Quantidade de Páginas visitadas

Aves
  • As aves são animais com a pele coberta de penas, membros anteriores transformados em asas, boca prolongada em bico e sem dentes e bexiga.
  • Ao cantar, o galo avisa ao galinheiro que continua vivo e no comando e assusta possíveis desafiantes. Cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis (EUA), divulgaram em 10 de dezembro de 2004 que 60% dos genes da galinha são iguais aos dos humanos. Isto indica que as espécies tiveram um ancestral comum.
  • O albatroz passa a maior parte do tempo voando. Percorre milhares de quilômetros, durante meses, sem avistar terra. Desse modo, dorme em pleno vôo, sustentado pelo vento do oceano.
  • Por uma curiosidade natural, o avestruz pode engolir um objeto brilhante. Mas essa voracidade sai caro: a ave quase sempre morre depois disso.
  • O beija-flor é a menor ave da natureza. Seus ovos não são maiores que uma ervilha de tamanho médio. Os filhotes, logo que nascem, são menores que um gafanhoto comum e uma ninhada cabe dentro de uma colher de chá. Seu coração bate mil vezes por minuto, enquanto o de uma baleia-azul e o de um elefante chegam a bater 25 vezes no mesmo período.
  • As corujas dormem de dia porque são nictalopes, ou seja, seus olhos não enxergam direito durante o dia. Quando a noite chega, elas saem para caçar e enxergam melhor que nós em pleno dia.
  • Logo que botas os ovos, a ema sai para namorar. É o macho que choca os ovos e depois cuida dos filhotes.
  • Quando avista uma presa, o falcão se lança num vôo tão rápido, que chega a atingir uma velocidade de 350 quilômetros por hora.
  • O flamingo mede 1,30 metro e dorme de pé. Se ele se deitasse, não conseguiria mais levantar, porque suas patas são longas demais.
  • A ave jaburu, quando irritada, estufa o peito, projetando o papo vermelho tão exageradamente que amedronta seus inimigos.
  • Provavelmente trouxeram o pardal de Portugal em 1908, pois nessa época havia uma epidemia de febre amarela no Brasil e acreditava-se que essas aves comeriam os mosquitos transmissores da doença. Ainda não se sabia que eles comem apenas grãos e sementes. O pássaro se adaptou às cidades porque era onde havia mais comida.
  • O pavão macho tem entre 150 e 200 penas longas e coloridas, que podem chegar a 1,5 metro de comprimento.
  • O pica-pau é capaz de dar 100 bicadas por minuto numa árvore e a velocidade do impacto alcança até 21 quilômetros por hora. Ele coloca a língua no buraco aberto para apanhar larvas de insetos embaixo da casca da árvore. Como seu ouvido é muito apurado, na maior parte das vezes localiza as larvas pelo som, furando a árvore no ponto certo.
  • O pombo-correio pode voar 800 quilômetros num único dia e alcança velocidades entre 60 e 70 quilômetros por hora. Durante as guerras, os pombos-correios eram levados até um país inimigo. Ao serem soltos, com uma mensagem, voltavam para seu país de origem. Isso acontece pois esses animais possuem um material magnético nos bicos, por isso sempre conseguem achar o caminho de casa, o bico funciona como uma bússola.
  • O choque de um urubu de 2 quilos com um avião a 300 quilômetros por hora, já em procedimento de descida, produz um impacto equivalente a 7 toneladas. Em 1986, um urubu entrou na turbina de um jato Mirage da Força Aérea Brasileira, causando um prejuízo de 10 milhões de dólares.
  • Existem 18 espécies de pinguins. Eles pesam entre 15 e 35 quilos e são excelentes nadadores. Algumas espécies chegam a correr a 40 km/h! Essas aves também são muito fiéis e só se "divorciam" em caso de má reprodução.

  • Um papagaio de 104 anos, que pertenceu ao primeiro-ministro britânico Winston Churchill na época da Segunda Guerra Mundial, continua gritando até hoje: "Dane-se Hitler" e "Danem-se os Nazistas". Churchill morreu em 1965.



























Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito